Decidi que vou começar a manter aqui um diário mensal. Vai ser legal para manter esse site vivo, manter algum contato com quem curtir acompanhar o selo Red Goblin (ou criadores de conteúdo no geral) e ainda me manter mais à par das metas estabelecidas. Enfim. Vai dar bom. 😊

O Passado Lento

Os últimos anos têm sido bem parados de projetos. Depois de literalmente anos trabalhando conseguimos lançar a nossa adaptação de Fallout para Savage Worlds (chegou a ver?). Eu fiquei bastante orgulhoso daquele livro! E foi o resultado de um trabalho em equipe bem legal.

Por outro lado, no ano passado, à luz dos relatos sobre a conduta pavorosa dos funcionários da Blizzard, eu retirei do ar a adaptação de World of Warcraft para D&D e parei de trabalhar no bestiário que estava preparando. Eu simplesmente não conseguia mais tocar em nada que fosse de Warcraft depois daquelas histórias. O que foi terrível, porque a minha carteira tem o símbolo da Horda!

Acelerando para o Futuro

Porém, aprendi duas lições importantes depois de concluir esses dois projetos gigantes:

  1. Nunca mais vou começar um projeto gigante assim para tocar sozinho;
  2. Está na hora de começar a me empenhar mais nos projetos de conteúdo pago.

Então, comecei a investir para ver se consigo acelerar as coisas e me motivar a andar com esses projetos pagos. Consegui uma pessoa maravilhosa para editar meus textos em inglês, pro material que pretendo lançar na DM’s Guild. E contratei artistas para prepararem as capas dos próximos livros que pretendo lançar.

Agora que tive de gastar dinheiro do bolso, comecei a trilhar o caminho inevitável da ruína dos negócios, digo, espero que seja um incentivo legal para que eu termine logo esses projetos a fim de pagar o investimento e quem sabe levantar o capital para bancar mais projetos futuros.

Projetos Imediatos

Os primeiros projetos pagos sob o selo Red Goblin deverão ser:

  • That’s the Last Strahd/Strahd para a Destruição: um mini guia para ajudar os mestres a aprimorarem os desafios e tornarem o vilão principal d’A Maldição de Strahd. Ele deve ser distribuído pela DM’s Guild e contará com versões em inglês e português (comprando uma, você leva as duas). Não há previsão de lançamento, ainda.
  • Armazém de Esplendores de Alícia Explodelícia: uma coletânea de itens mágicos e artefatos criados especialmente para Tormenta20. Ele será o primeiro lançamento pela Iniciativa T20. Também sem previsão de lançamento.

Originalmente, os projetos em produção eram basicamente bestiários, tanto para D&D quanto para Tormenta20. Mas como ambos os jogos estão alterando a forma como lidam com monstros, achei por bem atrasar esses produtos para poder aprender a nova forma, entender melhor a matemática por trás e garantir que os monstros feitos estejam prontos para fazer parte de seus jogos no futuro.

Além destes, há um projeto de coisas sobrenaturais para Savage Worlds que tem o nome provisório de “Bagulhos Sinistros”. A ideia é oferecer ferramentas de aplicação direta para jogos de horror/investigação modernos. Juntando esse livro com o Compêndio de Horror e mestres devem conseguir tocar jogos de horror sem ter muito trabalho.

Bom. Por hora é isso! Algum comentário ou sugestão? Deixa um comentário!


Meta para Março:

  • Ter ao menos uma prévia montada para apresentar para vocês.